Make your own free website on Tripod.com

CURITIBA EM FOTOS

ESTA FOTO FAZ PARTE DO CD POSTAL DE CURITIBA

COM 180 FOTOS EM FORMATO JPG/JPEG,AMPLIAVEL ATE O FORMATO 30x45CM

FORMATO PADRÃO NA INTERNET INDEPENDENTE DE SISTEMA OPERACIONAL

 

Para navegar por Curitiba Fotos é só clicar nas miniaturas.To surf in the homepage Curitiba Photos just click on the thumbnails.Pour voir les photos an Curitiba Photos clique on les miniatures.Para navegar em Curitiba Fotos basta solamente clicar en las miniaturas.

 

BOSQUE DO ALEMÃO - CURITIBA FOTOS

Situado em uma área de fundo de vale com 38.000 metros quadrados no Jardim Schaffer . Local onde no final do século passado a família que deu o nome ao bairro era responsável por uma leiteria famosa na região , este bosque conta com estruturas arquitetônicas relacionados à cultura germânica , sendo assim uma homenagem do Prefeito Rafael Greca e da cidade de Curitiba à etnia que aqui se estabeleceu no século 19 , a partir de 1833. Entre as estruturas arquitetônicas estão o Oratório de Bach , réplica de uma igreja presbiteriana de estilo neogótico que existiu no bairro do Seminário - que abriga uma sala de concertos , lanchonete com produtos típicos , guarda municipal de Curitiba e sanitários .
Do jardim externo projeta-se a passarela ligada ao mirante , no qual está situado a Torre dos Filósofos , uma torre com 15 metros de altura que , como as outras estruturas arquitetônicas , possui estrutura em troncos de eucalipto . Descendo a torre , chega-se ao Caminho dos Contos , uma trilha no interior do bosque que conduz o visitante à outra extremidade no ponto mais baixo do terreno . No meio do percurso , que conta a história de "Joâo e Maria" dos irmãos Grimm através de painéis de azulejos , situa-se uma biblioteca denominada Casa da Bruxa ( ou Casa dos Contos ) , que é um espaço reservado para desenvolver o interesse pela leitura no público infantil .
Diariamente , dezenas de crianças visitam o espaço e participam da "Hora do Conto" , onde bruxas e fadas fazem uma leitura teatralizada de contos infantis . A Casa é administrada pela Secretaria Municipal de Educação de Curitiba . Ao final da trilha , chega-se à ultima estrutura arquitetônica , o pórtico que reconstitui o frontão da Casa Milla que construída no início do século na Rua Barão do Serro Azul , representa um dos principais exemplares da arquitetura da imigração alemã . A varanda utilizada na réplica é a original .

Área : 38.000 metros quadrados .
Localização : Rua Francisco Schaffer X Rua Nicolo Paganini X Rua Franz Schubert .
Bairro : Vista Alegre .
Ano de implantação : 1996 .
Acesso : gratuito .
Fauna : Morcego , gambá , sabiá , beija-flor , pula-pula , bispo , limpa-folhas .
Flora : Canela , espora-de-galo , guabiroba , açoita-cavalo , miguel pintado , timbó , pitangueira , paineira e algumas espécies introduzidas , como o pinus .
Estruturas arquitetônicas : Sala de concertos , casa de chá , lanchonete , sanitários , passarela , mirante , torre , biblioteca e portal .
Horários de funcionamento :
Bosque : diariamente das 8:00 às 18:00
Casa da Bruxa : diariamente das 9:00 às 17:00 (Hora do conto : finais de semana às 11:00 e às 16:00 ) .
Ônibus : Jardim Mercês - Guanabara ( atrás da Catedral de Curitiba ) , Interbairros II , Primavera e Bracatinga ( Travessa Nestor de Castro - Atrás da Catedral de Curitiba ) .

 

 

BOSQUE DO PAPA JOÃO PAULO II - CURITIBA FOTOS

 

Um lugar abençoado onde a natureza e a tradição se integram num cenário de beleza e harmonia O Bosque João Paulo II , inaugurado em dezembro de 1980 , não só eternizou a passagem do Papa por Curitiba em junho de 1980 , quando ele visitou a casa típica polonesa montada durante a solenidade no Estádio Couto Pereira , como presenteou a cidade com uma linda homenagem à colônia polonesa. Pelos caminhos internos do bosque , encontram-se 7 casas típicas polonesas em forma de aldeia , construídas no início da colonização polonesa na região de Curitiba por volta de 1878 , e remontadas no bosque .
As casas , feitas de troncos de pinheiro encaixados , abrigam a história e a cultura dos imigrantes . Na primeira casa , a mesma visitada pelo Papa , foi instalada a capela em homenagem à Virgem Negra de Czestchowa , padroeira da Polônia . Nas demais , pode-se conhecer os móveis e utensílios da época da primeira imigração , 1871 , como a pipa de azedar repolho e ver de perto o Museu agrícola onde se destacam a carroça , o abanador de cereais , o amolador de pedra e outras ferramentas da época .
Na trilha em meio ao bosque , encontra-se uma escultura do Papa João Paulo II e um monumento em homenagem a Nicolau Copérnico . O artesanato , à venda no local , permite a aquisição das famosas Pêssankas , ovos pintados à mão em filigranas para saudar a Páscoa . Nas festas da colônia polonesa , muita música e folclore dos descendentes que , vestidos nos floridos trajes típicos do país , se apresentam nas comemorações da Swiconka - Benção dos Alimentos na época da Páscoa , em julho a homenagem à visita do Papa , em agosto a festa da padroeira Czestochowa , o pontificado de João Paulo II em outubro , e o dia de São Nicolau que dá início às festas de Natal . Nestas ocasiões pode-se experimentar os deliciosos pirogues ( pasteizinhos com recheio de requeijão ) e os saborosos doces e bolos da culinária polonesa .
O projeto do paisagista Burle Marx , que fiscalizou pessoalmente os trabalhos de limpeza do Bosque , teve como prioridade a preservação da mata nativa , além do plantio de novas mudas de pinheiro ( Araucária angustifolia ) . Outro destaque são os plátanos ( Platanus orientalis ) , com porte bem desenvolvido e introduzidos no local há dezenas de anos . O "Bosque do Papa" , assim conhecido pelo curitibanos proporciona uma viagem ao coração e à história de um povo , um obrigado e uma homenagem da cidade ao imigrante polonês .

Área : 48.000 metros quadrados .
Localização : Rua Mateus Leme X Rua Vieira Santos X Rua Mário de Barros , Bairro : Centro Cívico .
Ano de implantação : 1980 .
Acesso : gratuito .
Flora : araucária , cedros , pitangueiras , carvalhos , cerejeiras , ipês , tarumãs , uvas do japão .
Fauna : Os pássaros se fazem presentes através de sabiás , bem-te-vis , coleirinhas , chupins , tico-ticos , canários-da-terra , sanhaços e pica-paus .
Estruturas arquitetônicas : Portal polonês , ciclovia , palco , play-ground , loja de artesanato , casas típicas , sede de escoteiros .
Horários de funcionamento :
De segunda-feira à domingo , ininterrupto .
Ônibus : Mateus Leme , Taboão , Vila Suiça e Abranches Linha Turismo Pró-parque - domingos e feriados ( saída do Passeio Público ) .


 

JARDIM BOTÂNICO MUNICIPAL - CURITIBA FOTOS

O Jardim Botânico de Curitiba , inaugurado em 5 de outubro de 1991 , funciona como um centro de pesquisas da flora do Paraná . Contribui para a preservação e conservação da natureza , para a educação ambiental , na formação de espaçoes representativos da flora brasileira e ainda oferece uma alternativa de lazer para a população.
O nome oficial é uma homenagem à urbanista Francisca Maria Garfunkel Rischbieter , uma das pioneiras no trabalho de planejamento urbano de Curitiba .
Mais de 40% de sua área total que é de 278.000 metros quadrados , correspondem a um remanescente florestal tipico da vegetação regional ( capões ) , com nascentes que formam os lagos ,onde uma trilha leva o visitante a um contato maior com a natureza numa área bem próxima do centro da cidade de Curitiba .
Sua principal atração é uma estufa de ferro e vidro com 450 metros quadrados , inspirada no Palácio de Cristal de Londres , que em seu interior abriga exemplares vegetais característicos de regiões tropicais . Emoldura a estufa um imenso jardim francês com seus canteiros geométricos , cujas flores são plantadas e mantidas por crianças carentes da região , que desta forma aprendem uma profissão e também as primeiras noções de ecologia . Esculturas como "A Mãe" ( situada no jardim ) , também fazem parte da paisagem.
Circundando a estufa há um espaço com 1740 metros quadrados destinado a exposições periódicas , entre as quais : orquídeas , bromélias , ikebanas e bonsais de diversas espécies.
No Museu Botânico Municipal de Curitiba cientistas e pesquisadores de todo o mundo encontram um dos maiores herbários do país , com o que há de mais representativo da flora paranaense e brasileira.
Incentivar o amor à natureza e a sua proteção completam o trabalho científico desenvolvido pelo Museu.
Conhecer e conservar o Jardim Botânico Municipal de Curitiba é uma demonstração de amor à Curitiba e ao meio ambiente do qual todos fazem parte.

Área : 278.000 metros quadrados .
Localização : Av. Lothário Meissner X Rua Ostoja Roguski .
Bairro : Jardim Botânico .
Acesso : gratuito .
Ano de implantação : 1991 .
Fauna : saracura , ouriço , sanhaço , canário-da-terra , preá , gambá e pequenos roedores , sabiá .
Flora : araucária , imbuia , cedro , aroeira , pimenteira e pitangueira .
Estruturas arquitetônicas : estufa , galeria de exposições , Museu Botânico Municipal de Curitiba , bistrô , jardim francês , lago , fontes , pista de cooper , trilhas , sanitários públicos , loja , equipamentos de ginástica e estacionamento .
Horários de funcionamento :
Jardim Botânico Municipal de Curitiba : de segunda-feira a domingo , das 8:00 às 20:00 .
Salão de exposições do Museu Botânico Municipal de Curitiba : de segunda a sexta-feira , das 8:00 às 12:00 e 13:00 às 18:00 , e nos sábados,domingos e feriados , das 8:00 às 18:00 .
Ônibus : Expresso Centenário ou Capão da Imbuia - Jardim Botânico ( a partir da Rua Dr Muricy ) Linha Turismo .

 

 

 

ÓPERA DE ARAME - CURITIBA FOTOS

Um show em homenagem à memória de Paulo Leminski , poeta e escritor curitibano , inaugurou o Espaço Cultural que levou o seu nome . É um imenso auditório ao ar livre , com capacidade para até 30 mil pessoas no local onde , no passado , funcionava a Pedreira Municipal de Curitiba e a Usina de Asfalto de Curitiba.
O espaço é dotado de infra-estrutura para a realização de grandes shows com um palco fixo de 480 metros quadrados, camarins , sanitários , bilheterias , lanchonetes , além de uma excelente acústica proporcionada por um paredão de rocha maciça com mais de 30 metros de altura.
Desde então tornou-se hábito dos curitibanos ir à pedreira assistir grandes espetáculos. Seja na tradicional encenação da Paixão de Cristo , na época da Páscoa , ou então nos shows de grandes nomes da música mundial . Por lá já passaram , por exemplo , o tenor espanhol Jose Carreras , Paul McCartney , David Bowie , Milton Nascimento , Roberto Carlos , entre outros .
Anos mais tarde , em 1992 , foi entregue , por ocasião do 1º Festival de Teatro de Curitiba , a Ópera de Arame . O nome foi dado pelo então prefeito Jaime Lerner a partir das suas formas que lembram uma estrutura de arame , e ao mesmo tempo remetem às salas de ópera mais famosas do mundo , como a Ópera de Paris e o Scala de Milão .
É um teatro de forma circular , com estrutura tubular , totalmente transparente , no meio da cratera de uma pedreira desativada , rodeado por lagos , cascatas e uma vegetação abundante , criando uma paisagem inusitada .
Com a Ópera de Arame , completou-se o Parque das Pedreiras.
Do local de onde no passado sairam as pedras que calçaram os caminhos dos curitibanos , hoje palpita a vida na parceria entre o homem e a natureza nos espetáculos que celebram a vida .

Área : 103.500 metros quadrados .
Localização : Rua João Gava s/n .
Bairro : Abranches .
Ano de implantação : 1990 .
Acesso : gratuito , com excessão dos dias de espetáculos .
Estruturas arquitetônicas : auditório ao ar livre , Ópera de Arame , lanchonete , loja , heliponto , estrutura de apoio para shows , administração e estacionamentos .
Horários de funcionamento : de terça a domingo ou de acordo com os eventos .
Ônibus : Biarticulado Santa Cândida ( Estação Central ) , Interbairros II ( Terminal do Cabral ) , Cabral - ( Praça Osório ) , Nilo Peçanha ( Travessa Nestor de Castro - Atrás da Catedral de Curitiba ) , Pró-parque - domingos e feriados ( saída do Passeio Público ) .

 



PARQUE TANGUÁ - CURITIBA FOTOS


Tanguá "Baía das Conchas" em linguagem indígena . O parque , que se caracteriza por uma região de pedreiras desativadas e uma topografia quebrada característica da região norte da cidade de Curitiba , oferece uma área de lazer com lagos , ancoradouro , lanchonete dentro de um dos lagos , pista de cooper , ciclovia , um túnel aberto na rocha unindo dois dos seus lagos , caramanchões , cascata e ponte.
Situado nas antigas pedreiras da família Gava junto ao rio Barigui , entre os municípios de Curitiba e Almirante Tamandaré , este parque - inaugurado em 23 de novembro de 1996 pelo prefeito Rafael Greca - preserva a natureza num local destinado inicialmente para abrigar uma usina de reciclagem de caliça e lixo industrial.
Posteriormente , em 6 de junho de 1998 foi inaugurado pelo Prefeito Cassio Taniguchi , dentro do parque , o Jardim Poty Lazzarotto com : portal de acesso , mirante a 65 metros de altura , cascata e um grande jardim em estilo francês com canteiros de flores e espelhos d`água - de onde projeta-se o belvedere , na forma de terraço elevado em meio a um tapete verde. Nos três pisos do belvedere encontram-se distribuidos decks metálicos , bistrô , sanitários públicos , loja e torres de observação .
O Jardim Poty Lazzarotto eterniza a memória do artista plástico Napoleon Potyguara Lazzarotto , um curitibano nascido no aniversário de Curitiba , em 29 de março de 1924 . Poty , ainda menino rabiscava sonhos em papel de embrulho , no restaurante Vagão do Armistício , a beira dos trilhos da estrada de ferro , no bairro Cajuru . Cresceu e sua arte está em livros , gravuras , quadros , murais , painéis , ruas e praças da cidade de Curitiba . Poty viveu entre nós até 8 de maio de 1998 .

Área : 235.000 metros quadrados .
Localização : Rua Oswaldo Maciel .
Bairro : Taboão/Pilarzinho .
Ano de implantação : 1996 .
Acesso : gratuito .
Fauna : pato silvestre , morcego , gambá , tatu , cisqueiro , pavó , quero-quero , frango-d`água , jaçanã , marreca ananaí , socó-dorminhoco , joão-de-barro , sabiá-laranjeira , bem-te-vi , parelheira , cobra-d`água , boipeva , jararaca , teiú , cágado-cabeça-de-cobra .
Flora : branquilho , veludo , maria-mole , cambuí-do-brejo , embira-branca , baga-de-pombo , tarumâ , aroeira , congonha , corticeira-do-brejo , bromélia , cambuí-manchado , miguel-pintado , mamica-de-porca , araucária , canela , pessegueiro-bravo , bugreiro , carvalho , cafezeiro-bravo , erva-mate , imbuia , sassafrás , camboatá , pinheiro-bravo , caúna , guaçatonga , bracatinga .
Estruturas arquitetônicas : estacionamentos , lagos , ancoradouro , lanchonete , pista de cooper , ciclovia , cascata , caramanchão , ponte , belvedere , bistrô , sanitários , loja , torres de observação , jardim com canteiros e espelhos d`água .
Horários de funcionamento :
Parque - diariamente das 8:00 às 18:00 .
Bistrô - diariamente das 9:00 às 21:00 .
Ônibus : Nilo Peçanha ( Travessa Nestor de Castro - Atrás da Catedral de Curitiba  ) , Vila Nori ( a partir da praça Tiradentes ) .

 

 

PARQUE TINGUI - CURITIBA FOTOS


O nome do parque é uma homenagem ao povo indígena que primeiro habitou a região de Curitiba . Os tinguis eram indios combativos , hábeis na execução de armas e utensílios de pedra . Orgulhosos de sua ascendência , tinham um belo porte , daí o nome tingui significar "nariz afinado" .
Numa das entradas do parque está a estátua do cacique Tindiquera , feita pelo artista plástico Elvo Benito Damo . Conta a lenda que o líder da tribo Tingui foi quem indicou aos colonizadores o local como deveria ser instalada a Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais . "Aqui" , teria gritado o cacique , assentando forte a sua lança , onde hoje é a Praça Tiradentes . A estátua , esculpida em bronze e em tamanho natural , apresenta o índio carregando um uma mão o varapau com que demarcou o sítio da futura capital paranaense ( Curitiba ) , e na outra , uma pinha ,simbolizando ar araucárias .
O Parque Tingui faz parte de um projeto mais abrangente da Prefeitura de Curitiba . O projeto global prevê a implantação de um parque linear em toda a extensão do Rio Barigui , unindo-o aos parques Tanguá e Barigui .
Obra de saneamento e preservação ambiental , o Parque Tingui alterna em sua pista de caminhada , paisagens de lagos , pontes e mata nativa , percorridos ao lado do Rio Barigui .
O parque também abriga o Memorial Ucraniano , onde está implantada a réplica de uma igreja ucraniana onde são realizados eventos culturais e exposições . No Memorial pode-se encontrar loja , palco , portal , mirante , monumento em forma de "pêssanka" ( ovos pintados à mão em filigranas para saudar a Páscoa ) e campanário , baseados no estilo que caracterizam as construções da Ucrânia , de caráter histórico e cultural , homenagem à influência da cultura ucraniana na história de Curitiba .
Em 19 de abril de 2000 , em homenagem aos 500 anos do descobrimento do Brasil , foi inaugurada a Praça Brasil 500 Anos . Com o formato de um disco de 15 metros de diâmetro e a rosa dos ventos , a praça destaca a importância dos antigos descobridores , exemplos de conhecimento , ousadia , coragem e espírito empreendedor . Para a ocasião , a réplica de uma caravela portuguesa foi erguida na parte central da praça , retirada após as comemorações .

Área : 380.000 metros quadrados .
Localização : entre as ruas Rua Fredolin Wolf e José Valle , ao longo do Rio Barigui .
Bairro : São João .
Ano de implantação : 1994 .
Acesso : gratuito .
Fauna : pato silvestre , morcego , gambá , tatu , cisqueiro , pavó , quero-quero , frando-d`água , jaçanâ , marreca ananaí , socó-dorminhoco , joão-de-barro , sabiá-laranjeira , bem-te-vi , parelheira , cobra-d`água , boipeva , teiú , cágado-cabeça-de-cobra .
Flora : branquilho , veludo , maria-mole , cambuí-do-brejo , embira-branca , baga-de-pombo , tarumâ , aroeira , congonha , corticeira-do-brejo , bromélia , cambuí-manchado , miguel-pintado , mamica-de-porca , araucária , canela , pessegueiro-bravo , bugreiro , carvalho , cafezeiro-bravo , erva-mate , imbuia , sassafrás , camboatá , pinheiro-bravo , caúna , guaçatonga , bracatinga .
Estruturas arquitetônicas : ciclovia , pista de cooper , pontes de madeira , portais , churrasqueiras , canchas de futebol e vôleibol , play-ground , sanitários , administração , estacionamento , casa da guarda municipal de Curitiba .
Horários de funcionamento :
de segunda-feira à domingo , ininterrupto .
Ônibus : Raposo Tavares - Vila Nora ( Travessa Nestor de Castro - Atrás da Catedral de Curitiba ) .

 

 

UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE - CURITIBA FOTOS
( BOSQUE ZANINELLI - CURITIBA FOTOS )


O bosque Zaninelli foi criado a partir de uma área verde regenerada naturalmente após ter sido utilizada - desde 1947 - para exploração de granito , o que originou um grande paredão de pedra e os lagos. Foi decretado bosque municipal de Curitiba e área de preservação em 1992 .
Inaugurado com a presença do pesquisador francês Jacques Ives Costeau , tem como atração principal a Universidade Livre do Meio Ambiente ( UNILIVRE ) - uma edificação de 874 metros quadrados cujo aspecto marcante se reflete na forma original . Sua construção de troncos de eucalipto e vidro ressalta a potencialidade do eucalipto ( industrial - proveniente de reflorestamento ) explorado em seu limite . A estrutura de madeira chega a 15 metros de altura e tem balanços de 3 metros na estrutura que apoia a rampa helicoidal . O Resultado é a perfeita integração , junto à vegetação , entre arquitetura  e natureza .
A UNILIVRE tem por objetivo repassar conhecimentos sobre o meio ambiente à população em geral , sem ter com pré-requisito a educação formal ou informal , através  de cursos regulares e eventuais . É um local especifíco onde as pessoas podem debater livremente a questão da ecologia e meio ambiente e ao mesmo tempo , aprender sobre novos temas e práticas que visem aprimorar a qualidade de vida dos centros urbanos.
Outras atrações do bosque são a mata nativa em volta da pedreira , a passarela no túnel vegetal que desemboca frente à pedreira e espelho d´água do lago com aproximadamente 120 metros de extensão , o auditório ao ar livre e o mirante .

Área : 37.000 metros quadrados .
Localização : Rua Victor Benato .
Bairro : Pilarzinho .
Acesso : gratuito .
Ano de implantação : 1992 .
Fauna : preá , coruja , gambá , cobra-d`água , marreco , cisne , sabiá ,coleirinha , joão-de-barro .
Flora : cafezeiro-do-mato , canela , pitangueiras e remanescentes de floresta com araucária .
Estruturas arquitetônicas : estacionamento , portal , guarita , passarela , bosque , lago , auditório ao ar livre , mirante , universidade , sede administrativa e sanitários .
Horários de funcionamento :
Bosque - diariamente das 8:00 às 19:00 .
Universidade - de segunda-feira a sexta-feira das 8:00 às 12:00 e das 14:00 às 18:00 .
Biblioteca - segunda-feira , quarta-feira e sexta-feira das 14:00 às 18:00 , terça-feira e quinta feira , das 8:00 às 12:00 e das 14:00 às 18:00 .
Ônibus : Jardim Kosmos ( Travessa Nestor de Castro - Atrás da Catedral de Curitiba ) e Linha Turismo .

O texto acima foi fornecido pela Coordenadoria de Promoção Turística de Curitiba

 

 

MUSEU OSCAR NIEMEYER - CURITIBA FOTOS

O Museu Oscar Niemeyer em Curitiba é uma instituição cultural de referência, marcando a inserção definitiva do Estado do Paraná no circuito nacional e internacional das artes e da cultura. A instituição, estruturada a partir de rigorosos padrões museológicos internacionais, tem como eixo o aglutinamento de diferentes áreas do conhecimento, habitualmente disseminadas em espaços diversos.As áreas de atuação do Museu Oscar Niemeyer em Curitiba são as artes visuais, o design gráfico e industrial, a arquitetura e o urbanismo este entendido numa concepção ampla, cujo objeto compreende não apenas os espaços físicos da cidade mas também as relações sociais nela vivenciadas. Todos os focos de atuação acima representam modalidades artísticas raramente tratadas no país de forma orgânica e permanente.Este é um dos diferenciais mais importantes na constituição do Museu Oscar Niemeyer em Curitiba, configurando, por si só, uma estratégia cultural singular no país.O complexo que abriga o Museu Oscar Niemeyer em Curitiba foi inaugurado no dia 22 de novembro de 2003.
O Museu Oscar Niemeyer em Curitiba tem como focos de atuação as Artes Visuais, o Design Gráfico, o Design Industrial, a Arquitetura e o Urbanismo. Todos os focos de atuação acima representam modalidades artísticas raramente tratadas no país de forma orgânica e permanente. Este é um dos diferenciais mais importantes na constituição do Museu Oscar Niemeyer em Curitiba, configurando uma estratégia cultural singular no país.Com vistas à integração dessas áreas, o Museu Oscar Niemeyer em Curitiba propõe um programa de Ação Educativa e Cultural que articula exposições, ateliês de formação de artistas, oficinas para o público, Centro de Documentação e Referência, produção de material de apoio (impresso e audiovisual), palestras, simpósios, cursos, entre outras atividades , acervo .
A Constituição dos Acervos : O acervo é constituído e ampliado visando análise, investigação, fomento e difusão nas áreas de Artes Visuais, Design gráfico e industrial, Arquitetura e Cidade [Urbanismo]. A política de constituição do acervo está embasada em critérios científicos advindos das áreas de foco do Museu Oscar Niemeyer em Curitiba e das necessidades de seu público, de forma que sua ampliação ocorra a partir do que será necessário ter, e não do que já está patrimoniado nas diferentes coleções.O projeto de aquisição e ampliação permite preencher lacunas no acervo inicial do museu (provenientes do MAC/PR - Curitiba e do MAP - Curitiba) e constituir novas coleções, tendo como principal foco a divulgação da produção brasileira moderna e contemporânea.
Estão sendo criados diversos núcleos que agrupam artistas (incluindo nesta categoria arquitetos, designers, urbanistas etc.), obras (inclusive plantas, projetos, objetos, maquetes etc.) e movimentos de acordo com critérios temáticos, cronológicos e/ou geográficos. O critério básico para integrar obras ao acervo é a pertinência da mesma a um desses núcleos, definidos por um grupo de pesquisadores e historiadores da arte e da cultura brasileiras.O objetivo de tal procedimento é ultrapassar a prática comum de inclusão de obras singulares em acervo obras não necessariamente relacionadas umas às outras. Com o sistema de núcleos pretendemos contemplar as questões manifestas nos diferentes momentos da história das artes brasileiras a partir do século XX, incorporando ao acervo apenas obras que sejam representativas para a composição dos diferentes núcleos, seja por seu caráter exemplar ou de ruptura.Deverão ser levados em conta, ainda, a expressão que o artista e a obra podem desempenhar na coleção, a representatividade do autor no panorama das artes brasileiras e a importância da obra no conjunto da criação do artista.O ponto de partida para a formação do acervo do Museu Oscar Niemeyer em Curitiba é a Coleção Permanente. Dela origina o primeiro dos quatro núcleos previstos na fase de implantação do museu, detalhados abaixo.
Apresentação de Acervos Em uma instituição museológica, a exposição é o meio privilegiado de comunicação com o público em geral. Portanto, ela deve ser planejada visando a contribuir para a adequada difusão do patrimônio cultural ou de informações específicas (institucionais, didáticas etc.).As coleções a serem expostas no Museu Oscar Niemeyer em Curitiba deverão estar vinculadas aos princípios de divulgação e ampliação de conhecimentos nas áreas de interesse definidas pelo perfil do seu acervo e à tipologia museológica à qual se filia, bem como colaborar para o entendimento do papel do Museu Oscar Niemeyer em Curitiba como instituição a serviço da sociedade curitibana e brasileira .
Para alcançar tais propósitos, as exposições do Museu Oscar Niemeyer em Curitiba farão uso de diferentes conceitos relacionados, como a longevidade do projeto expositivo, determinando uma forma de tratamento diferenciada da coleção a ser exibida. Também serão utilizadas linguagens de apoio, tais como textos, legendas, atividades educativas e outros, seja por meio dos suportes convencionais ou através de novas mídias.
Quanto aos objetos e conjuntos a serem exibidos, estes poderão ser de diversas naturezas (artísticos, científicos, históricos, tecnológicos e outros), executados em diversos tipos de suporte (pinturas, papéis, projetos, vídeos, fotos , CDs e outros).

Texto acima cedido pelo Museu Oscar Niemeyer - Curitiba.

 



ARTISTAS POPULARES - CURITIBA FOTOS - RUA DAS FLORES - CURITIBA FOTOS FEIRA DO LARGO DA ORDEM - CURITIBA FOTOS



Os artistas populares , ou seja , aqueles que tem a sua área de atuação nas ruas , e a Rua das Flores de Curitiba , a feira do Largo da Ordem em Curitiba , misturam-se de tal maneira , que seria dificil conceber ambas sem a presença física dos artistas .
Aos sabados , na Rua da Flores em Curitiba , é uma verdadeira mistura de vários artistas populares atuando seja como estatuas vivas , seja como palhaços , ou qualquer outro papel que lhes convenham . As crianças juntam-se ao lado do famoso bondinho de Curitiba e com o incentivo da Prefeitura de Curitiba , passam as manhãs de sabado , pintando o que bem desejarem , em papeis e tintas fornecidas pela Municipalidade de Curitiba .
A maioria destes artistas têm como pano de fundo nada mais nada menos do que o famoso Pálacio Avenida em Curitiba , conhecido em todo o Brasil pelo show fornecido dias antes do Natal .
Na feira do Largo da Ordem em Curitiba , que acontece em todos os domingos , não só encontram-se os artistas populares , mas também um grande número de visitantes e turistas , misturados a população curitibana , assíduos frequentadores da feira , onde se pode comprar todos os tipos de artesanatos , seja em madeira , cerámica , plástico , pinturas , esculturas , vestuário , etc ...

 

 

VOLTAR

 

Todos os direitos autorais do Cd Curitiba Fotos são de Jean Servais Henri Colemonts - cdpostalcuritiba@brturbo.com.br

Copyright of the Cd Postcards of Curitiba Photos : Jean Servais Henri Colemonts - cdpostalcuritiba@brturbo.com.br

Tous droits réservés de le Cd Numerique Postal de Curitiba Photos : Jean Servais Henri Colemonts - cdpostalcuritiba@brturbo.com.br

Todos los derechos del Cd Postal de Curitiba Fotos : Jean Servais Henri Colemonts - cdpostalcuritiba@brturbo.com.br